Call for application : Africa Media CyberSecurity Guinea Bissau session

 

 

 

ÁFRICA MÍDIA SEGURANÇA CIBERNÉTICA: Formando 500 profissionais da mídia e utilizadores da sociedade civil sobre segurança cibernética.

O que é a Africa Mídia Segurança Cibernética?

África Mídia Segurança Cibernética é uma formação teórica e prática de segurança cibernética, em memória de Anna Gueye e para jornalistas profissionais e atores da mídia na sociedade civil (blogueiros, jornalistas cidadãos, cyber ...) de 11 países na sub-Região da África Ocidental.

Objetivo

Este projeto visa introduzir e equipar os utilizadores da mídia com as práticas e métodos de segurança e proteção digital. O principal objetivo do projeto "Africa Media CyberSecurity" é permitir o acesso irrestrito à Internet para profissionais da mídia na África Ocidental.

O projeto

A revolução digital revolucionou os métodos de trabalho dos profissionais da informação. Este é o fim dos gravadores de áudio. O jornalista de hoje está trabalhando cada vez mais com seu smartphone ou laptop. São dados digitais que são processados, armazenados e compartilhados diariamente. Sem uma política de segurança e uma certa compreensão das regras de proteção, toda a sua produção é exposta ao roubo ou simplesmente à destruição.

Na África, ser um utilizador da mídia (profissional ou não) costuma apresentar riscos em alguns países (até mesmo democráticos). É muito fácil notar uma violação do dever dos jornalistas de informar e o direito de acesso à informação pública. Com a digitalização, alguns governos não hesitam em aplicar métodos fascistas para colocar um país inteiro em "apagão".

Atores da sociedade civil considerados como denunciantes, jornalistas cidadãos ou simplesmente ativistas da Web são ameaçados, perseguidos, monitorados e presos em alguns países enquanto fazem seu trabalho e outros apenas por publicar ou compartilhar informações simples.

Ao final deste projeto, 500 jornalistas e ativistas da web, cuja ética não seja reprovada, terão as ferramentas e o conhecimento necessários para trabalhar com segurança, comunicar com serenidade, mitigar os riscos de infiltração e hacking, contornar a censura na Internet, bem como tecnologias de vigilância.

Os AFRICTIVISTAS irão identificar e apoiar os utilizadores da mídia nos 9 países francófonos da África Ocidental, da Gâmbia e da Guiné-Bissau. Os participantes nos diferentes países receberão treinamento gratuito em Segurança Cibernética e receberão aplicativos, assim como, software por meio de um pacote de aplicativos para a implementação do conhecimento que será compartilhado.

Este programa oferece treinamento, suporte técnico e networking.
Os participantes que estamos procurando devem saber usar a internet, ter um endereço eletrônico, estarem cadastrados em uma rede social, saberem usar um computador e um smartphone (sob android ou iOs).

Progresso

O programa Africa Media CyberSecurity divide-se em dez sessões principais. As sessões são realizadas, sucessivamente, nos seguintes países:


1. Bénin
2. Togo
3. Costa do Marfim
4. Guiné
5. Burkina Faso
6. Mali
7. Mauritania
8. Niger
9. Senegal
10. Gâmbia
11. Guiné-Bissau

Cada sessão será dividida em três fases:

  • Fase de Identificação de Ameaça;
  • Fase da Proposta de Métodos;
  • Fase do fornecimento de Aplicativos.


Número de participantes

A sessão da Guiné-Bissau recebe 30 participantes, divididos em:
• 15 jornalistas profissionais (jornalistas da web, jornalistas de investigação, jornalistas de rádio, jornalistas de TV e jornalistas de imprensa);
• 15 utilizadores da mídia na sociedade civil (blogueiros, ativistas da web, jornalistas cidadãos, jornalistas de dados, jornalistas 2.0 ...).



CANDIDATURA PARA A SESSÃO DA GUINÉ-BISSAU



Prazo de inscrição:

A sessão da Guiné-Bissau terá lugar em Bissau de 13 a 15 de abril de 2018.

O prazo para a apresentação de candidaturas é 9 de abril de 2018, às 23:59 (GMT).


Como se inscrever

Para se candidatar à sessão de Guiné-Bissau, você deve clicar neste link, preencher o formulário de inscrição on-line e fornecer os elementos de inscrição solicitados. 

Nenhuma taxa de participação ou inscrição é exigida dos candidatos. O programa é totalmente gratuito.



Critérios de seleção

Todas as candidaturas passam por um processo de seleção e serão examinadas de acordo com os perfis e atividades dos candidatos na internet.

Os participantes devem atender às seguintes condições:

  • ser um utilizador da mídia;
    • ter acesso à internet;
    • residir no país que hospedará a sessão;
    • estar ciente dos riscos e desafios da segurança cibernética;
    • demonstrar motivação, levando em conta uma dinâmica de networking.

Seleção

Após a seleção, os candidatos aprovados serão notificados por e-mail. Eles devem confirmar sua participação novamente para receber a agenda e informações adicionais para sua participação no programa.




IN ENGLISH

Africa Media CyberSecurity : Treinando 500 profissionais da mídia e  utilizadores da sociedade civil em segurança informática.

 

APPLICATION FOR BISSAU SESSION

 

Application deadline?

The Gambia session will be held in Bissau from 13th  to 15th April 2018.

The deadline for submitting applications is 9th April 2018 at 23:59 (GMT).

How to apply

To apply for the Bissau session, you must click on this link, fill out the online application form and provide the requested information. No participation fee or application fee is required from applicants. The programme is completely free.

Selection criteria

All applications will go through a selection process. The profiles and activities of the applicants online will also be considered during the selection process.

Participants must meet the following criteria:

  • to be a stakeholder in the media;
  • have access to internet;
  • reside in the country hosting the current session;
  • be aware of the risks and challenges of cybersecurity;
  • be motivated.

Selection

After the selection process, only successful applicants will be notified by email. They must confirm their participation once again to be able to receive the agenda and additional information for their participation in the training programme.

For any additional questions, you can send an email to  Cette adresse e-mail est protégée contre les robots spammeurs. Vous devez activer le JavaScript pour la visualiser. 

 

In partnership with :

 
Netherlands Embassy 

 

With the support of :